Topo

Como evitar as assaduras na corrida

Sérgio Rocha

13/08/2018 04h00

Crédito: Istock

Sim, assim como os bebês, os corredores também sofrem com assaduras. E depois que ela aparece, só a famosa Hipoglós é que ajuda.

Mas como e onde essas inflamações aparecem? Nos maiores pontos de fricção que acontecem na corrida. Nos homens e mulheres é muito comum rolar assaduras na virilha e axilas. Existem outras regiões com peculiaridades de gênero – dependendo do tecido da camiseta ou regata o sobe e desce do material pode machucar e fazer sangrar os mamilos dos homens. Já no caso das mulheres, muitas vezes, a alça do top também acaba gerando assaduras.

O que fazer para evitar esse tipo de coisa? O jeito mais barato é passar vaselina nessas regiões -a oleaginosa vai melhorar a hidratação da pele. Vaselina sólida é facilmente encontrada nas farmácias e é bem acessível, mas muitas vezes acaba manchando a roupa.

Existem também produtos feitos especialmente para quem corre e quer algo menos "bruto" que a vaselina para terminar com esse sofrimento. Você encontra esses produtos em lojas e sites de materiais esportivos, ou em feiras de grandes corridas.

Boas corridas com pele de bebê e sem assaduras.

 

Sobre o autor

Sérgio Rocha começou a correr para perder peso há 20 anos e nunca mais parou. Nesse caminho, já completou muitas maratonaS, meias-maratonas e incontáveis provas de 10 km. Como profissão, era diretor de arte, mas sempre escrevia um texto aqui e outro ali nas revistas em que trabalhou. Em 2013, criou o canal no YouTube “Corrida no Ar”, que é hoje um dos maiores do segmento. Sérgio também apresenta o programa “Corre 89”, na Rádio Rock de São Paulo, junto do radialista PH Dragani. O programa vai ao ar todos os domingos, às 20h.

Sobre o blog

Este é um espaço para falar sobre o esporte de forma geral, dando dicas, cobrindo provas, escrevendo análises de produtos do mundo esportivo e, por vezes, também fazendo questionamentos que vão ajudá-los a olhar a corrida sob uma nova perspectiva.

Corrida no Ar