Topo

Saiba como se preparar para uma meia maratona

Sérgio Rocha

02/07/2018 04h00

Crédito: IStock

A meia-maratona é minha prova predileta, a que eu mais gosto de fazer. Não é tão intensa como uma prova de 10 km nem tão "confortável" como uma maratona. Mas não é só isso.

Ela serve como degrau para distâncias maiores. Se você é iniciante em corrida, já participa de provas de 5 e 10k e acredita que chegou a hora de almejar distâncias maiores, colocar uma meia como meta principal de uma temporada, seja a médio ou curto prazo, vai "apimentar" um pouco mais o seu treino e ajudá-lo a se manter mais motivado e focado para buscar seus objetivos.

Ter foco nos 21 km é muito bacana. Mesmo que você seja um corredor experiente, com muito km nas costas e maratonas no currículo, saiba que treinar para os 21k com foco e objetivo específicos, como bater seu recorde pessoal ou correr sob 2 horas, por exemplo, pode ser tão gratificante quanto treinar para uma maratona. É só colocar metas a atingir e usar aquela mesma energia e entusiasmo que você usa para os treinos de maratona se preparando para a meia.

A recuperação é rápida. Terminou a meia maratona? Então escolha sem medo outro desafio. Isso porque sua recuperação nas semanas seguintes será muito mais rápida do que se tivesse encarado uma maratona inteira, além de correr muito menos risco de lesão. E além do mais, o calendário de provas de 21 km hoje é tão vasto que você não terá dificuldades para encontrar mais uma para vc fazer

Use a meia para projetar a uma maratona. Ok. Você é um amante de maratonas e não abre mão dos 42k, certo? Então saiba que, mesmo que a maratona seja seu foco principal da temporada, encaixar uma meia até no máximo um mês antes, além de ser um bom treino, pode também servir para projetar melhor seu tempo para os 42 km.

A melhor para viajar para turismo e correr. Quando você viaja de férias com a família e o tempo na cidade é curto para conhecer os lugares, correr 21 km em vez de 42 km é uma grande vantagem para deixar esposa, marido, filhos todos satisfeitos. Afinal, por mais esforço que você faça na prova, vai terminar muito mais inteiro do que se tivesse encarado a maratona e conseguir curtir a cidade numa boa, sem ficar se arrastar ou reclamando pelo caminho.

Sobre o autor

Sérgio Rocha começou a correr para perder peso há 20 anos e nunca mais parou. Nesse caminho, já completou muitas maratonaS, meias-maratonas e incontáveis provas de 10 km. Como profissão, era diretor de arte, mas sempre escrevia um texto aqui e outro ali nas revistas em que trabalhou. Em 2013, criou o canal no YouTube “Corrida no Ar”, que é hoje um dos maiores do segmento. Sérgio também apresenta o programa “Corre 89”, na Rádio Rock de São Paulo, junto do radialista PH Dragani. O programa vai ao ar todos os domingos, às 20h.

Sobre o blog

Este é um espaço para falar sobre o esporte de forma geral, dando dicas, cobrindo provas, escrevendo análises de produtos do mundo esportivo e, por vezes, também fazendo questionamentos que vão ajudá-los a olhar a corrida sob uma nova perspectiva.

Corrida no Ar