menu
Topo
Corrida no Ar

Corrida no Ar

Quantos quilômetros dura um tênis de corrida?

Sérgio Rocha

16/04/2018 04h00

Quantos km dura um tênis de corrida

Crédito: iStock

Quantos quilômetros dura um tênis de corrida? Ah, isso depende. De acordo com as marcas esportivas, eles "aguentam" entre 300 km e 600 km. Mas como a gente realmente sabe quando o tênis "acabou"?

Bom, primeiro, vamos pensar de onde vem esse limite de 300 km a 600 km? Da eficiência da entressola do tênis. E o que é a entressola? É aquela espuma –geralmente branca — que fica entre o cabedal (parte de cima do tênis, de tecido) e o solado propriamente dito. Cada marca tem um composto especial de entressola, em geral feita de EVA. E, conforme o fabricante, essa entressola recebe diferentes tecnologias para melhorar a sensação de amortecimento, como géis, capsulas de ar, placas de plástico etc.

Bom, como cada marca tem um composto especial (algumas têm mais do que um) e tecnologias que aprimorariam o amortecimento, é claro que a duração da eficiência dessas coisas vai variar de marca para marca.

Para as marcas, o calçado deve ser trocado assim que a eficiência da tecnologia de amortecimento ou a entressola começam a perder sua eficiência. Não é difícil deixar de notar quando aquele tênis supermacio começou a ficar durão, não é mesmo?

Mas quais são os fatores que entram na equação de desgaste de um tênis de corrida? A quantidade de pares de tênis de corrida que você tem no armário e a sua técnica de corrida.

Vou explicar:

1) Se você tem apenas um par de tênis, é claro que ele vai "acabar" mais rapidamente. Ter dois ou três pares é uma boa forma de aumentar a vida útil de cada par quando você "faz um rodízio" entre eles. Dessa forma, o tênis que se acabaria em quatro meses com uso exclusivo duraria oito meses se você tiver dois pares, por exemplo.

2) O jeito que você aterrissa o pé no chão conta. Aterrissar com o calcanhar gera um desgaste natural nessa região do tênis pois a cada passada você "breca" por alguns milissegundos. Se você corre assim, sabe do que estou falando. O desgaste do tênis de quem usa o médio pé na aterrissagem é menor. Já expliquei em um vídeo no canal Corrida no Ar do Youtube que quem amortece realmente o impacto da corrida é o nosso próprio corpo, pois o tênis de corrida é incapaz de fazer isso sozinho, como somos levados a acreditar.

O tal "amortecedor" do tênis, na verdade, tem a função de proteger e dar conforto ao seus pés. Quando esse "amortecedor" perde eficiência e fica "duro", seu corpo passa a ter mais controle da corrida, o que na verdade não é de todo mal, pois você será praticamente obrigado a adotar uma técnica de corrida mais eficiente.

Olha só: correr achando que o tênis de corrida vai proteger você do impacto acaba fazendo, na verdade, com que corra gerando mais impacto. E com uma técnica de corrida eficiente, o tênis pode durar mais de 1.000 km, acredite. Eficiência na corrida significa economia de movimento, e no caso dos tênis, economia que você pode sentir também no bolso.

Cabe aqui uma obervação: em regiões com clima muito quente o desgaste do tênis tende a ocorrer mais rapidamente, por causa da temperatura do chão.

Dito isso, vamos ser objetivos: quando você deve jogar fora o seu par de tênis? Esqueça a quilometragem. Aposente o tênis quando o solado apresentar sinais de desgaste e não a entressola. Hoje em dia já existem compostos de entressola que duram muito mais que o EVA, como os de poliuretano termoplástico, o tal TPU. Portanto, nesse caso, a troca deve ser feita quando o solado realmente "furou".

O que você pode fazer para aumentar a vida útil do seu tênis? Tenha, no mínimo, dois pares para revezar o uso e invista em ter uma técnica de corrida eficiente.

Sobre o autor

Sérgio Rocha começou a correr para perder peso há 20 anos e nunca mais parou. Nesse caminho, já completou muitas maratonaS, meias-maratonas e incontáveis provas de 10 km. Como profissão, era diretor de arte, mas sempre escrevia um texto aqui e outro ali nas revistas em que trabalhou. Em 2013, criou o canal no YouTube “Corrida no Ar”, que é hoje um dos maiores do segmento. Sérgio também apresenta o programa “Corre 89”, na Rádio Rock de São Paulo, junto do radialista PH Dragani. O programa vai ao ar todos os domingos, às 20h.

Sobre o blog

Este é um espaço para falar sobre o esporte de forma geral, dando dicas, cobrindo provas, escrevendo análises de produtos do mundo esportivo e, por vezes, também fazendo questionamentos que vão ajudá-los a olhar a corrida sob uma nova perspectiva.